Edição Online
Sexta-feira, 23 Outubro 2020

Frederico Pereira

Frederico Pereira estreou-se no jornalismo em 1921 na redacção do (já extinto) Diário de Lisboa, onde se especializou na cobertura de crimes passionais e na crítica de vinhos. Depois desta primeira experiência abandonou o jornalismo para se candidatar à Junta de Freguesia de Creixomil, em Guimarães, localidade da qual é natural. Tendo sido derrotado pelo seu arquiinimigo de infância, Roberto Antunes, por apenas uma dúzia de votos, decidiu isolar-se numa cabana no Parque Nacional da Peneda-Gêres durante três décadas. Neste período tornou-se no primeiro ser humano a conseguir comunicar de forma clara com diversas espécies autóctones deste parque natural, nomeadamente a lontra, o arminho e o morcego-de-ferradura-grande. Decidiu abandonar a sua vertente de eremita após ter recebido o convite para colaborar com o Fake Weekly.

Artigos: